Quero Fotografar Meus Filhos »

Todo Dia é Nosso Dia

Sei que tem gente que não vê problema em comemorar o Dia das Mães. Eu também não vejo, mas eu entendo que a sociedade precisa abraçar outras situações e formas familiares muito diferentes da minha – e que isso é ótimo, porque estamos acolhendo, estamos abraçando o outro, estamos respeitando o diferente e não deixando ninguém excluído. Por isso, por mim haveria o Dia da Família apenas, sem Dia das Mães ou Dia dos Pais, comemorando essa estrutura que é tão, tão importante para a segurança, o amparo e o desenvolvimento dos nossos bebês e crianças. Respeito quem pense diferente (democracia sempre, mulheres!), mas essa é a minha opinião e a opinião editorial desse blog. 🙂

Acho que todo dia é Dia das Mães. Seja ela quem for: sua avó, que criou você enquanto sua mãe trabalhava ou porque sua mãe não estava presente por outros motivos; sua irmã mais velha, que te acolheu quando você precisava; sua madrinha. Talvez seja dia também de abraçar seu pai, se ele te criou sozinho.

Não sei se você tem essa figura materna do seu lado. Não sei quem ela é para você. Por isso escrevo isso. Celebre o amor e preste homenagens a quem quer que seja que tenha essa importância tão especial na sua vida.

Eu mudei quando me tornei mãe. E sigo mudando, porque o processo de lidar com a maternidade e a sua própria identidade é longo. Eu cresci, eu amei mais, eu entreguei meu coração ao mini-ser que saiu de mim. A maternidade é a aventura mais louca e mais gostosa da minha vida. Há dias em que eu penso “Senhor, onde amarrei meu bode?!”, para logo depois olhar para meu filho e para minha filhota na barriga e pensar “Eu não sei mais como viver sem eles”.

Se você também passa por isso, não se julgue, não se afobe. Tome seu tempo, ame-se, cuide de você e dos seus sentimentos. Honre-se como mulher e como mãe, para que você possa dar o melhor de si para o seu filho.

Parabéns a você, que cuida dos seus filhos sozinha, porque o pai das crianças não quis assumir suas responsabilidades como tal, algo ainda tão comum no mundo… Se você muitas vezes não é reconhecida e se sente julgada, receba aqui um abraço apertado. Parabéns a você que administra o cuidado com a casa, mais o cuidado com a cria e ainda resolve voltar a trabalhar ou desenvolver um projeto profissional em casa: você tem minha inteira admiração! Parabéns a você que decidiu criar um filho que não saiu do seu ventre, mas que você ama com toda a sua alma e coração. Parabéns a você que esconde lágrimas e cansaço dos dias difíceis, para que seus pequenos não vejam.

Se tem amor, se tem cuidado, tudo está bem, fique tranquila. Só não se esqueça de que você também precisa se amar e se cuidar, sempre. Você tem muito valor. 🙂

Essa é a minha homenagem de Dia das Mães a todas as maternas que eu conheço. Com Dia especial ou sem Dia especial, essa homenagem deveria ser feita todos os dias. Em nossas mãos, está a oportunidade de permitir e apoiar o desenvolvimento de seres humanos melhores, mais empáticos e caridosos, nessa geração que surge. Que façamos isso sem perder a nossa própria identidade, nossa força e o respeito ao nosso feminino.

Fotos: Laura Oliveira

Compartilhe!


Seu email nunca será compartilhado. Campos requeridos. *

*

*