Quero Fotografar Meus Filhos »

Quarto colorido e aconchegante do Parker

O quartinho do Parker combina todas as coisas que tanto amamos: o calor da madeira, paredes brancas, obras de arte coloridas e muitos acessórios!

A mamãe Dana preencheu o espaço com brinquedos e obras divertidas e interessantes para a mente de um bebê em pleno desenvolvimento. O legal é perceber, que o espaço também abriga e acolhe confortavelmente os moradores adultos da casa. Uma mistura lúdica de madeira e cor, inspirada na arte, aconchegante e em camadas.

Dá uma olhada!

A primeira coisa utilizada para a criação do quarto de Parker, foi o lindo móbile projetado pela designer e ilustradora sueca Clara von Zweigbergk. Esta peça escultural e colorida, definiu a paleta de cores e inspirou a colocação de algumas impressões da coleção de curiosidades de Dana na parede.

O maior desafio na decoração do quarto foi descobrir uma maneira de fazer todas as diferentes madeiras trabalharem juntas. O chão é marrom escuro e há uma parede de pinheiros claros. O mobiliário em madeira é de diferentes tons.

Segundo Dana, a maioria das pessoas ama o quartinho e não se sente em um quarto de bebê. A expectativa dos pais é de que o espaço seja utilizado por Parker por um longo período e possa também ser compartilhado um dia, caso necessário. Por essa razão, foi decorado independente de gênero, podendo ser ocupado por menino ou menina.

Parker ama seu quartinho! Todas as manhãs quando levanta de seu berço, puxa para trás as cortinas para olhar para fora enquanto espera seus pais entrarem. Dana quer que este espaço inspire maravilhosas sensações em seu bebê enquanto cresce.

Um conselho que Dana deixa aos pais na criação do quarto do bebê é de que não é necessário gastar muito na decoração.

As melhores peças geralmente são antigas, doadas ou reutilizadas. Reúna as coisas que você já possui – objetos que você ama e que são significativos para você de alguma forma: sejam livros, roupas vintage ou alguma lembrança especial que traga boas memórias.

É divertido deixar que esse seja o ponto de partida para inspirar cores, texturas e formas para usar no resto do espaço.

Fonte: Apartment Therapy

Compartilhe!


Você também pode gostar de

Seu email nunca será compartilhado. Campos requeridos. *

*

*